Araçatuba Half Martathon, o start de belas disputas

14/02/2019 TRAIL RUNNING

Por: Valmir Lana Jr.

Todos sabem que o Araçatuba Half Marathon além de ser o campeonato brasileiro de skyrunning juvenil e na modalidade SKYRace, sendo estes os representantes da seleção brasileira que disputam os mundiais e continentais da ISF.

Esta prova é também o início competitivo da temporada de grandes atletas que tem ela como foco, como é o caso dos atletas juvenis e como preparação para outras provas maiores que estão por vir no decorrer do ano, mas o mais legal é ver o start list da prova, digno de ir para lá com um balde de pipoca e sentar  para assistir o pega que teremos tanto no masculino quanto no feminino, com destaque aqui para o feminino que disputa a distância principal.

Não que as outras disputas sejam menores, no juvenil por exemplo, teremos praticamente todos atletas que estiveram no mundial skyrunning em 2018 na itália e alguns outros que pretendem buscar o lugar mais alto do pódio e consequentemente uma vaga na seleção brasileira.

Os 21km masculino prometem ser disputados quilometro a quilometro, com atletas muito fortes como Elson Gracioli, Leonardo Meira, Leonardo Torres, Bruno Mattos, Natã Valeriano, Rodrigo Neves, Rogério Silvestrin e Wellington Noronha.

Mas o feminino está incrível, quem não gostaria de ver Letícia Saltori e Silvia Durigon alinhadas na mesma prova? Pois no próximo sábado isso acontecerá e não é somente isso que iremos ver, a campeã do ano passado e atleta da seleção brasileira de skyrunning (SKYRACE), Elisa Lamego, estará alinhada também e vem se preparando bem para a disputa e se colocarmos nesta "briga" atletas como Ana Paula Silveira, que fez um grande ano em 2018, se mostrou como uma das mais fortes atletas do Brasil e está voando literalmente, em sua última competição ela foi vice-campeã da Brasil Ride Ultra de Botucatu 70km, ficando atrás somente de Lúcia Magalhães, que é a atual campeã do Circuito Skyrunning (UltraMarathon) e adivinhem, ela também estará alinhada com todas as citadas acima.

Um start list com praticamente todas melhores atletas femininas da atualidade, claro que temos outros grandes nomes no Brasil, mas esta prova é para ficar ligado em tudo que acontece por lá, será, sem dúvidas, o start list feminino mais forte que tivemos em todos os tempos.

Se você está indo para esta prova, aproveite a trilha e se sinta privilegiado de poder acompanhar estas belas disputas logo no início do ano.

VEJA MAIS FOTOS: